O São Paulo foi rebaixado no Campeonato Paulista de 1990?

A polêmica sobre o rebaixamento do São Paulo no Campeonato Paulista de 1990 ressurgiu graças à publicação de um guia do torneio de 2009 chancelado pela Federação Paulista de Futebol (FPF). Nele, consta que o São Paulo foi rebaixado. A Folha de S.Paulo foi atrás da polêmica e falou com o historiador Rodolfo Kussarev, responsável pelo guia. Kussarev atribuiu a informação sobre a queda do São Paulo para a segunda divisão estadual ao livro A História do Campeonato Paulista, dos jornalistas André Fontenelle e Valmir Storti.

A matéria da Folha não esclarece se o São Paulo foi ou não rebaixado, mas dá a entender que não, e traz declarações de dirigentes do clube atribuindo a informação do guia às rusgas atuais entre o São Paulo e a FPF.

O ponto central da polêmica é o seguinte. O regulamento do Campeonato Paulista de 1990 determinava que, em 1991, os 24 participantes seriam divididos em duas chaves. No grupo verde estariam os 14 primeiros do Paulistão-1990. No amarelo estariam os dez últimos e mais quatro equipes de uma Divisão Especial. O regulamento dizia ainda: “não haverá descenso” em 1990.

No site da revista Época, onde trabalha atualmente, Fontenelle publicou a reportagem da Folha de 21 de junho de 1990, que trata o ocorrido como o rebaixamento do São Paulo. O jornal mostra claramente o clima do dia e publica a fala do então diretor de futebol do São Paulo, Fernando Casal de Rey, que lamenta o “pesadelo” de ter ficado entre os dez últimos (grupo amarelo) e fala em apelar ao tapetão para mudar o regulamento de 1991 e permitir que o São Paulo possa disputar o título. Depois de tudo isso, as conclusões são as seguintes:

1) Apoiados na frase “não haverá descenso”, os são-paulinos defendem que o time não foi rebaixado. Outros acham que o time foi rebaixado de facto, mas não de jure, afinal, jogou a maior parte do Campeonato Paulista de 1991 fora da elite.

2) A matéria da Folha de 1990 e o título do São Paulo em 1991 deixam claro que o regulamento de 1991 foi alterado, ou pelo menos sofreu uma nova interpretação. Afinal, a realidade em junho de 1990, como comprova Casal de Rey, era de que o São Paulo estaria fora da disputa do título e, portanto, em uma divisão inferior à elite, uma definição “tucana” de rebaixado.

3) A maior preocupação do São Paulo parece ser perder a legitimidade do título de 1991, mas isso não vai ocorrer. Por mais triste e vergonhoso que seja, viradas de mesa como essa fazem parte da história do futebol brasileiro e todos temos que conviver com isso.

129

José Antonio Lima

32 anos, jornalista. Tem como maior patrimônio os álbuns completos das Copas de 1990, 94, 98, 2002, 2006, 2010 e 2014.
Todos os posts do

26 Palpites

  1. É o que eu sempre digo: a história do futebol é absolutamente subjetiva e interpretativa. E o contexto do acontecimento acaba sendo determinante para a valorização do fato.
    Acho que deu pra entender o que eu quis dizer, né? rs

  2. Ótimo texto. E eu também acho que o São Paulo caiu em 1990. Eu me lembro bem do clima. Estava rolando Copa do Mundo e os torcedores são-paulinos tinham de aguentar uma tal repescagem, na qual o time não escapou. Em 91, por fruto de um regulamento bizarro e um belíssimo time (já campeão brasileiro), deitou e rolou e foi campeão paulista – eliminando Palmeiras na semi e Corinthians na final.

  3. Luiz, não entendi o “mas”. O texto diz que o São Paulo foi rebaixado. E a outra informação foi corrigida…o Casal era diretor de futebol!

    Abs!

  4. Oi, Zé. Tem razão, aquele “mas” não tinha sentido. Até mudei meu comentário. Obrigado e abraço!

  5. Houve mudança de regulamento, sim. Em 1991, ocorreu um Conselho Arbitral e para que a mudança (os times do Grupo dos “rebaixados” pudessem disputar o título)fosse aprovada, a votação teria que ser unânime. E o voto decisivo coube ao Nelson Duque, então presidnete do Palmeiras, que deu uma força ao co-irmão. Ou seja, em 90 tinha rebaixamento, em 91 não tinha mais e o SPFC foi campeão. Simples assim.

    abs

  6. José Antonio Lima

    Laguna, você tem mais detalhes sobre isso? Vale até um post completementar…

    Blz, Luiz!

    Abs!

  7. Acabo de consultar meu “Almanaque do São Paulo”, de Alexandre da Costa (Ed. Abril) e o arquivo do “Diário Popular”, hoje “Diário de S. Paulo”. Bom, o jogo que marcou a queda do São Paulo ocorreu no dia 20 de junho de 1990. Uma goleada por 6 a 1 sobre o Noroeste, no Morumbi, com apenas 247 pessoas presentes. É que no mesmo dia o Brasil enfrentou a Escócia pela Copa do Mundo. Enfim, o Tricolor venceu, mas não escapou da degola. É que a Inter de Limeira precisava vencer o Botafogo e só empatou por 0 a 0. O time de Ribeirão Preto foi o único da repescagem a avançar para a quarta fase.
    Segue agora um trecho da matéria do “Diário Popular” de 21 de junho: “Embora o pres. da Federação Paulista de Futebol, Eduardo José Farah, insista que não há rebaixamento, o fato é que o São Paulo vai disputar um Paulistinha ano que vem…” A mesma matéria, no entanto, já indicava que poderia haver cruzamentos entre o Paulistinha e o Paulistão.
    Na edição do dia 22 de junho, eis como o jornal trata o momento do clube: “uma das piores fases de sua história. A queda vai representar sérios prejuízos financeiros. A diretoria nega virada de mesa.”

  8. Alan

    Eu acho que o SP não se importa com a legitimidade do título de 91 e sim com o fato de supostamente ter ocorrido uma virada de mesa.

    Eu já li outras reportagens sobre isso e não consigo chegar a uma comclusão. Fico pasmo como nossos dirigentes conseguem essas proezas.

  9. Zé, esta história ficou famosa na época. inclusive tinha muito palmeirense que queria esganar o Nelson Duque por isso. Que por sinal, era um cartola muito educado e polido, porém não conseguiu tirar o clube da fila de títulos.

  10. alan

    *conclusão.

  11. Chicao

    Amigos, o blog está mto bom, mas estou meio sumido porque estou na praia, com um tempo muito agradável e a internet mais lenta da galáxia. Em breve estarei de volta pra valer.

  12. jkoliveira

    essa historia perece com o titulo do flamengo contra o sport, ninguem sabe quem foi campeao por causa do regulamento confuso infelizmente.

  13. Chico

    Vejamos: o REGULAMENTO deixa bem claro que não haveria rebaixamento, mas os distintos “jornalistas” desse site defendem que o SP fez virada de mesa? Mas pra que virada de mesa se não haveria rebaixamento? Mais uma vez, temos o casamento da burrice com a desonestidade, algo tão normal nesse Brasil de hoje.
    O REGULAMENTO (entenderam, energúmenos?, REGULAMENTO, não materiazinha de jornal) lido pelo PVC era bem claro que não haveria descenso e que campeonato paulista de 91 seria formado por 28 clubes, divididos em 2 grupos (um mais forte e outro mais fraco). Mas issso já estava previsto, então como poderia haver virada de mesa?? Esses “jornalistas”…

  14. Eduardo Pontes

    É incrível… o regulamento dizia que não haveria rebaixamento e as pessoas ainda perdem tempo discutindo se o São Paulo foi rebaixado ou não. Fala sério… o São Paulo terminou o campeonato em 15º lugar , dentre 24 times e tem gente que ainda quer por que quer colocá-lo como rebaixado…rs . Parece piada…

  15. Eduardo Pontes

    Outra coisa , o regulamento só era “confuso” pra quem não sabe ler:

    Artigo 5º, Parágrafo 2:
    «“Parágrafo 2º – “No campeonato da primeira divisão de futebol profissional de 1990, não haverá descenso à divisão especial de futebol profissional. Mas a partir de 1991, ou a cada ano haverá o descenso de uma associação da Primeira Divisão de Futebol Profissional e o acesso de uma associação da Divisão Especial de Futebol Profissional.”»

    Nâo há sequer ambiguidade pois estava dito explicitamente que não haveria descenso.

  16. Olá, Chico

    A diversidade de opiniões é importante para o enriquecimento do conteúdo do site. É uma pena, no entanto, que você tenha optado por lançar insultos no lugar de iniciar uma discussão séria – e por isso nos reservamos o direito de não prolongar o assunto do post neste espaço. Daqui em diante, seremos gratos quando você trouxer contraditórios ao debate, mas não seremos tolerantes quando suas mensagens forem desrespeitosas.

    Atencisamente

  17. Olá, Eduardo Pontes

    A diversidade de opiniões é importante para o enriquecimento do conteúdo do site. É uma pena, no entanto, que você tenha optado por lançar um insulto no lugar de iniciar uma discussão séria – e por isso nos reservamos o direito de não prolongar o assunto do post neste espaço. Daqui em diante, seremos gratos quando você trouxer contraditórios ao debate, mas não seremos tolerantes quando suas mensagens forem desrespeitosas.

    Atencisamente

  18. Eduardo Pontes

    Cara Equipe Esporte Fino,

    Não vejo minhas mensagens como desrespeitosa. No máximo, irônicas. Afinal, não há como “trazer contraditórios” se o regulamento está escrito, não é ambíguo (não dá margem a interpretações diferentes, tanto que é o mesmo foi devidamento cumprido em 1990) e não vai ser mudado. Sendo assim, só não entende que não “sabe ler” ou quem “não quer ler”.

  19. Daniel

    Desde que essa discussão recomeçou, esse foi o melhor site que eu achei. O São Paulo foi rebaixado e virou a mesa, isso é fato.
    O Eduardo vem com o velho argumento de que o décimo quinto de 24 clubes não pode cair, mas essa palhaçada foi tão absurda que em 93, ou seja, dois anos depois, 10 clubes caíram. Mas como o SP não estava lá ninguém acha estranho.
    E se os clubes da “série A2″ não podiam disputar o título principal, era segunda divisão sim, e a informação dada pelo Marcelo Laguna acaba com qualquer dúvida. O regulamento foi alterado pela reunião do conselho arbitral, ou seja, houve virada de mesa. Essa coisa de série A2 foi criada só pra um grande poder jogar a primeira divisão do brasileiro.

  20. Thiago Araújo

    Aff, quanta ignorância nesse post.
    Prá morrer o assunto, o regulamento em questão é o de 90 que dizia “não haverá descenso”, sendo assim, nenhum time que foi mal em 90 seria rebaixado.
    O regulamento de 90 foi assinado por todos, sendo que ninguém sabia quem iria bem ou mal no campeonato.
    O choro é livre!

  21. Pra que os São Paulinos ficam tentando arrumar desculpas sobre o rebaixamento, é inutil, foi e acabou, se conformem.
    No regulamento diz que disputaria 24 equipes, os 10 ultimos ia disputar outra divisão, e o São Paulo terminou em decimo quinto, ou seja rebaixado.
    Só que aqui no Brasil tudo é errado viraram a mesa pro São paulo, só pro Tricolor paulista não ser humilhado, e acabou levando o titulo de 1991 que deveria ser do Corinthians que liderava o Campeonato, e não um clube que tinha sido rebaixado, isso é injustiça.

  22. Beto

    Caros amigos, respeito (com muita insatisfação) a opinião de vcs. Aceito as críticas qnto ao regulamento, mas ñ a se opor a ele! LEI É LEI! É por isso q o Brasil ñ vai pra frente. Ngm qr respeitar as leis!
    Se um regulamento diz: “Não haverá descenso”, não haverá descenso, oras!
    Todo mundo critica o regulamento de 1990, afirma q o SP caiu e q foi virada de mesa. Agora, pq ngm critica o regulamento de 1989, q foi a mesma coisa? Só pq ñ teve um time grande lá?! Oras, pq algm iria inventar um regulamento q já existe, em benefício de outrem?
    Notem q em 1989 ñ caiu ngm e no ano anterior (o qstionado 1990) houve a entrada de Ituano e Ponte Preta (1º e 2º colocados, respectivamente). Vão dizer agora q inventaram algo em 1990 p segurar algm na divisão principal…
    E mais: Como pode um campeão da 1ª disputar com o da 2ª? Ñ foi divisão e sim grupos! E creio q a tristeza dos torcedores foi por estar fora do grupo de elite. Qlqr um sentiria…
    Ah, e o campeão de 1987 foi o Sport. Por + ridículo q seja, vale o regulamento; o q ta escrito e sancionado, além de acordado, claro! ;)

  23. Beto

    Só pra retificar: onde se diz “Notem q em 1989 ñ caiu ngm e no ano ANTERIOR*…”, diz-se “POSTERIOR”…
    Foi mal, aew!

  24. andre

    o sao paulo foi rebaixado em 1990. parabens.

  25. Elvis
  26. celso

    todos querem aproveitar a ocasião pra dizer que o são paulo foi rebaixado,mais o regulamento dizia, não há rebaixamento se não havia rebaixamento todos tinham direito de brigar pelo titulo a culpa são desses dirigentes que fazem um mal regulamento e sem cabimento.

Os palpites estão fechados para este post agora.

Compre o livro "Esporte Fino - O Esporte Além dos Resultados"